Ventos Bárbaros: Campo, Discursos e Táticas no texto da contracapa do disco Chega de Saudade (1959)

Tiago de Souza

A presente comunicação pretende apresentar uma proposta de análise crítica do texto escrito por Tom Jobim (1927-1994) para a apresentação do disco Chega de Saudade (1959) do cantor e violonista João Gilberto (1931-). O disco é considerado o momento de eclosão da Bossa Nova e o texto da contracapa seria um dos primeiros momentos em que a estética, o contexto e o lugar ocupado por seu principal intérprete foram indicados ao público. A partir da utilização dos conceitos de Bourdieu (1996; 2013) e Certeau (2013), iremos indicar que o texto pode ser compreendido como uma ferramenta tática destinada a estabelecer defesas referentes a posicionamentos específicos. A partir do que Charadeu (2008) chama de atos discursivos, o discurso se apresenta como possibilidade, na busca por legitimação em um determinado campo.  As ferramentas oriundas da ADC, Análise do Discurso Crítica serão utilizadas para identificar o teor dos discursos presentes no texto e com isso dar conta das suas complexidades que compõem essas táticas discursivas.

******

Barbarian Winds: Field, Discourses and Tactics in the text on the back cover of the album Chega de Saudade (1959)

This paper intends to present a proposal for a critical analysis of the text written by Tom Jobim (1927-1994) for the presentation of the album Chega de Saudade (1959) by singer and guitarrist João Gilberto (1931-). The album is considered the moment of Bossa Nova’s outbreak and the back cover text would be one of the first moments when the aesthetics, the context and the place occupied by its main interpreter were indicated to the public. Using the concepts of Bourdieu (1996, 2013) and Certeau (2013), we will indicate that the text can be understood as a tactical tool to establish defenses referring to specific positions. From what Charadeau (2008) calls discursive acts, discourse presents itself as a possibility, in the search for legitimation in a given field. The tools from the ADC, Analysis of Critical Discourse, will be used to identify the content of the discourses present in the text and with that to account for its complexities that compose these discursive tactics.